Minha Vizinha


Moro sozinho num apartamento
No sétimo andar de um prédio pulguento
Ouço vozes à noite que vem da parede
É a minha vizinha que acorda com sede
Vai até a cozinha
Abre a geladeira
Minha mente se enevoa
Me dá uma tremedeira
Eu quero tocar tua campainha
Eu quero acabar com esta vidinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha
Eu quero ficar preso contigo no elevador
No escuro te mostrar todo o meu amor
Eu te amo através dessa parede
Vem depressa saciar toda a minha sede
É a minha vizinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha


Minha Vizinha - Wander Wildner

0 comentários:

Postar um comentário


Então voçê, também gosta de ficar observando !!!

Interessante....

" Então conte para todos, como pode alguém observar, sem comentar para os outros, o que voçê tinha observado. "


Navegando nas noites frias...

Enquanto todos Dormem

Aviso

Atenção este Site é Aconselhavél para maiores de 18 anos. Aqui Expressamos o prazer de observar.

Este Site tem conteudo Adulto para maiores de 18 anos

Contato

Rede Sociais

Info
Parte do conteúdo aqui mostrado, foi extraído da internet. Caso se sinta ofendido, ou violado, por favor nos avise que o retiraremos imediatamente!